Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1044
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorLima Filho, Dario de Oliveira-
dc.contributor.authorOliveira, Leidy Diana de Souza de-
dc.date.accessioned2012-02-15T11:54:54Z-
dc.date.available2012-02-15T11:54:54Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1044-
dc.description.abstractEste trabalho foi elaborado com o objetivo de investigar o impacto das variáveis socioeconômicas no comportamento de consumo de alimentos e na segurança alimentar e nutricional nos territórios do Consórcio de Segurança Alimentar e Desenvolvimento Local (CONSAD) de Mato Grosso do Sul. Especificamente, pretende-se: i) identificar a relação entre as circunstâncias socieconômicas e o comportamento de consumo de alimentos pertencentes à cesta básica; ii) levantar a relação entre as circunstâncias socieconômicas e a segurança alimentar e nutricional; iii) levantar as relações existentes entre segurança alimentar e segurança nutricional; iv) identificar os possíveis efeitos do conhecimento nutricional sobre o comportamento de consumo de alimentos pertencentes à cesta básica. Para tanto, foi formulado um modelo teórico em que sete hipóteses foram testadas, com o uso de modelagem de equações estruturais. Os resultados mostram que as variáveis socioeconômicas (renda familiar per capita e escolaridade) explicam 44% dos hábitos de consumo dos alimentos e 36% da insegurança alimentar nos territórios. A insegurança alimentar, caracterizada pela falta de acesso a alimentos de qualidade em quantidade suficiente e com regularidade, é capaz de explicar 12% da desnutrição e 5% da obesidade nos territórios estudados, muitas vezes coincidindo os dois estados de insegurança nutricional na mesma família, fazendo com que a amplitude média do IMC das famílias aumente de acordo com a insegurança alimentar. Assim, nota-se que os índices de segurança alimentar impactam os índices de segurança nutricional. O conhecimento nutricional explica 57% das preferências por alimentos e 22% dos hábitos de consumo. Os resultados fornecem base para o levantamento dos pontos fracos, fortes, ameças e oportunidades dos territórios, direcionando as potencialidades e dificuldades no estabelecimento de políticas públicas de combate à insegurança alimentar e nutricional na região estudada.pt_BR
dc.description.abstractThe aim of this study is to investigate the impact of socioeconomic variables on food consumption patterns and on food and nutrition security in territories of the Consortium for Food Security and Local Development (CONSAD) in Mato Grosso do Sul/Brazil. Specifically, we intend to identify the relationship between socioeconomic circumstances and food consumption behavior; ii) identify the relationship between socioeconomic conditions and food security and nutrition; iii) lifting the relationship between food security and nutrition security; iv) identify the possible effects of nutrition knowledge on the food consumption behavior. To that end, a theoretical model was formulated; the hypotheses were tested using structural equation modeling. The results showed that socioeconomic variables (education and family income) explained 44% of the food consumption habits and 36% of food insecurity in the territories. Food insecurity, characterized by lack of access to food with quality, quantity and with regularity, is able to explain 12% of malnutrition and 5% of obesity in of the territories studied, often coinciding the two states of nutrition insecurity in the same family. Thus, it is noted that the indices of food security impact the rates of nutritional security. The nutrition knowledge explains 57% of food preferences and 22% of the consumption habits. The results provide a basis for the lifting of weaknesses, strengths, threats and opportunities of the territory, directing the potentialities and difficulties in establishing public policies to food and nutrition security.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPolíticas Públicaspt_BR
dc.subjectPolítica e Governopt_BR
dc.subjectCondições Políticaspt_BR
dc.subjectEconomia Regionalpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento Econômico Regionalpt_BR
dc.subjectComportamento do Consumidorpt_BR
dc.subjectPesquisa de Consumidorpt_BR
dc.subject.classificationSegurança Alimentar-
dc.titleModelo de segurança alimentar e nutricional e seus determinantes socioeconômicos e comportamentais: modelagem de equações estruturaispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Leidy Diana.pdf1,81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.