Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1004
Tipo: Artigo de Periódico
Título: O controle da dengue em duas áreas urbanas do Brasil central: percepção dos moradores
Título(s) alternativo(s): Control of dengue fever in two urban areas of central Brazil: perceptions of residents
Autor(es): Cazola, Luiza Helena de Oliveira
Pontes, Elenir Rose Jardim Cury
Tamaki, Edson Mamoru
Andrade, Sônia Maria Oliveira de
Reis, Cássia Barbosa
Abstract: Com a implementação da Estratégia Saúde da Família, o controle da dengue, anteriormente realizado por Agente de Controle de Endemias (ACE), também passou a ser tarefa do Agente Comunitário de Saúde (ACS). Em Rio Verde de Mato Grosso (RVMT), o controle da dengue continuou a ser desenvolvido pelos dois tipos de agentes e, em São Gabriel do Oeste (SGO), município pertencente à mesma microrregião, essa atividade foi incorporada pelo ACS, deixando de existir a figura do ACE. O estudo visou verificar se a qualidade do trabalho do ACS foi afetado na percepção da população desses dois municípios de Mato Grosso do Sul. Realizaram-se grupos focais com moradores dos municípios e, para organização dos conteúdos, utilizou-se a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Em ambos os municípios, a população está satisfeita com o trabalho dos ACS, revelando que em SGO, o acúmulo das atividades de controle da dengue não afetou a qualidade de seu serviço. Em RVMT, a população considera que o trabalho com a dengue é específico do ACE, mas manifesta maior satisfação com a atuação do ACS. Apesar da sobrecarga do ACS, o estudo revela o potencial que a organização de trabalho adotado por SGO tem para a melhoria do controle da dengue no que se refere à atenção básica.
ABSTRACT - With the implementation of the Family Health Strategy in Brazil, the control of dengue fever, which had been previously assigned to Endemic Disease Control Agents, has also become the task of Community Health Agents. In Rio Verde de Mato Grosso, dengue control has continued being developed by both types of agents and, in São Gabriel do Oeste, a municipality that belongs to the same micro-region, this activity has been incorporated by the Community Health Agents, which made the Endemic Disease Control Agents cease to exist. The study aimed to verify if the quality of the work of the Community Health Agents has been affected according to the perception of the population in these two municipalities of Mato Grosso do Sul (Central-Western Brazil). Focal groups were held with the municipalities' residents and, to organize the contents, the Discourse of the Collective Subject technique was used. In both municipalities, residents are satisfied with the Community Health Agents' work, which shows that in São Gabriel do Oeste the accumulation of dengue control activities has not affected the quality of their work. In Rio Verde de Mato Grosso, residents consider that the work with dengue is specific to the Endemic Disease Control Agents, but they demonstrate more satisfaction with the performance of the Community Health Agents. In spite of the overload of the Community Health Agents, the study shows the potential that the work organization adopted in São Gabriel do Oeste has to the improvement in dengue control in the level of primary health care.
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde
Controle de Vetores
Participação Comunitária
Auxiliares de Saúde Comunitária
Pessoal de Saúde
Saúde da Família
Primary Health Care
Vector Control
Consumer Participation
Community Health Aides
Health Personnel
Family Health
Editor: Saúde e Sociedade
Citação: CAZOLA, Luiza Helena de Oliveira et al . O controle da dengue em duas áreas urbanas do Brasil central: percepção dos moradores. Saude soc., São Paulo, v. 20, n. 3, set. 2011 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902011000300021&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 19 jan. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902011000300021.CAZOLA, Luiza Helena de Oliveira et al . O controle da dengue em duas áreas urbanas do Brasil central: percepção dos moradores. Saude soc., São Paulo, v. 20, n. 3, set. 2011 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902011000300021&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 19 jan. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902011000300021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902011000300021
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1004
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:CCBS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
O controle da dengue.pdf113,07 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.