Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1003
Tipo: Dissertação
Título: Dinâmica agrária e a territorialização do complexo celulose/papel na microrregião de Três Lagoas/MS
Autor(es): Kudlavicz, Mieceslau
Abstract: Definimos como objetivo da pesquisa, analisar a dinâmica agrária na Microrregião de Três Lagoas na última década. Consequentemente, também são alvos de estudo, as transformações territoriais a partir da implantação do monocultivo do eucalipto nessa Microrregião, cujo processo está aliado à construção na atualidade da maior fábrica de celulose e papel do mundo, fruto da parceria entre IP/VCP (International Paper e Votorantin Celulose e Papel) com um investimento de aproximadamente Três bilhões de reais. Aliado a essa investigação dos fatos no tempo presente, buscamos entender como ocorre à reorganização da posse e do uso do espaço agrário na Microrregião de Três Lagoas, tendo como base os dados do Censo Agropecuário do IBGE de 1995/96 e de 2006. Pesquisa esta alinhavada com as entrevistas com camponeses, funcionários e ex-funcionários das empresas de celulose e papel, participação em seminários promovidos pelo setor de celulose - e por entidades que se opõem aos monocultivos de árvores. Além de conversas informais com os proprietários de terras da Microrregião de Três Lagoas e com representantes de comunidades impactadas da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Este caminho investigativo pretendeu apreender a complexidade da aliança entre o capital industrial nacional/internacional e o capital agrário local, bem como o papel do poder público por meio dos incentivos fiscais e facilidades creditícias. Nesse sentido, fundamental se fez analisar como o favorecimento econômico oferecido pelo Estado por meio dos incentivos fiscais reforçou as relações de troca de favores entre o público e o privado, à semelhança do que Martins afirma ao estudar a formação do Estado brasileiro: ―as trocas de honrarias, como títulos e privilégios, no fim resultavam em poder político e, consequentemente, em poder econômico‖ (MARTINS, 1994, p.23). A pesquisa que realizamos no intuito de compreender a dinâmica no uso e ocupação da terra na Microrregião de Três Lagoas, bem como seus desdobramentos, aponta para algumas certezas e também para questões polêmicas, pois, que, a verdade é uma construção histórica e em torno dela há disputas de concepções de mundo e projetos de sociedade.
This paper aims to provide analysis of the agricultural dynamics in the microregion of Três Lagoas in the last decades. As a consequence, territorial transformations derived from the eucalyptus monoculture in this microregion are also studied. Such processes are allied to the current building of the biggest cellulose manufacturing plant in the world, which is product of the International Paper (IP)/Votorantin Celulose e Papel (VCP) partnership, with a three-billion reais (Brazilian currency) estimated investment. Besides investigating the facts taking place presently, this study searches the process of reorganization of the possession and use of the agricultural space in the microregion of Três Lagoas, having as a basis the data collected by the 1995/96 and 2006 IBGE (Brazilian Institute of Geography and Statistics) Agriculture and Farming Census. Such research contains interviews with peasants, employees and former employees of cellulose and paper companies and data collected at seminars promoted by the cellulose sector – and entities against monoculture of trees. Informal conversations with Três Lagoas microregion landowners and representatives of impacted communities in the states of Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais and Rio Grande do Sul were also a source of important information to this research. Understanding the complexity of the alliance between the national and international industrial capital and that of the local agriculture is the focus of this study, which has also analyzed the influence of the government which provides tax incentive and credit facility. In this sense, it was essential to study how economic encouragement offered by the State reinforced the practice of bargaining between government-owned enterprises and private companies, as Martins affirmed when studying the formation of Brazil: ―bargaining titles and privileges resulted in politic power and, consequently, economic power‖ (MARTINS, 1994, p.23). This research, which intended to understand the dynamics of land use and occupation in the Microregion of Três Lagoas, and its consequences, points to some certainties and polemic questions, too, since there are different perceptions of the world and projects pertaining the organization of the society involved.
Palavras-chave: Usos do Solo
Movimentos Sociais Rurais
Tecnologia de Celulose e Papel
Geografia Econômica
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1003
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Geografia (Campus de Três Lagoas)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Mieceslau Kudlavicz.pdf3,94 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.