Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/572
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSouza, Franco Leandro de-
dc.contributor.authorMaragno, Franciele Pereira-
dc.date.accessioned2011-10-07T12:41:04Z-
dc.date.available2011-10-07T12:41:04Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufms.br/handle/123456789/572-
dc.description.abstractA presença de duas ou mais formas distintas em uma mesma população é conhecida como polimorfismo e as diferentes formas podem diferir em caracteristicas morfológicas e ecológicas. Anfibios são muito sensiveis a mudanças ambientais e fatores como temperatura, umidade e pressão de predação podem influenciar a seleção de habitats. O objetivo deste estudo foi verificar se o padrão polimórfico observado em Rhinella scitula apresenta associação com a complexidade estrutural do micro-habitat e a cor do substrato. Para tanto, as margens de um córrego no Parque Nacional da Serra da Bodoquena foram percorridas à procura de individuos e a cada encontro, foram quantificados os componentes estruturais e as cores do micro-habitat utilizado pelo individuo. Os cinco morfotipos ocuparam o microhabitat de forma similar, sendo encontrados em habitats recobertos por pedras na estação seca e por serapilheira na estação chuvosa. A ocorrencia dos morfotipos também não foi explicada pelas cores do substrato. Os morfotipos não diferiram em comprimento corpóreo, nem em relação à distancia em que podem ser encontrados em relação a margem do córrego. De modo geral, os individuos foram encontrados mais próximos à margem na estação seca e foi observada uma relação positiva entre comprimento corpóreo e distancia da margem. A distribuilção de R. scitula no ambiente não esteve relacionada com os morfotipos apresentados pela espécie. O polimorfismo de coloração corpórea dificulta a formação de uma imagem de procura pelo predador e ambientes visualmente complexos como a serapilheira permitem que várias formas diferentes sejam cripticas, simultaneamente, proporcionando o desenvolvimento do polimorfismo.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPolimorfismopt_BR
dc.subjectGenéticapt_BR
dc.subjectAnfíbiospt_BR
dc.subjectHabitatpt_BR
dc.subjectComportamento Animalpt_BR
dc.subjectEcologia Animalpt_BR
dc.titleUso do micro-habitat e dieta de Rhinella Scitula Caramaschi & Nyemayer, 2003 (Anura, Bufonidae) no Parque Nacional da Serra do Bodoquena, Mato Grosso do Sulpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Franciele Pereira Maragno.pdf2,97 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.