Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/524
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMourão, Guilherme de Miranda-
dc.contributor.authorZorzi, Bianca Thaís-
dc.date.accessioned2011-09-23T16:32:11Z-
dc.date.available2011-09-23T16:32:11Z-
dc.date.issued2009-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufms.br/handle/123456789/524-
dc.description.abstractTapirus terrestris (Linnaeus 1758) é o maior mamífero terrestre neotropical e possui dieta composta de folhas, frutos e brotos. É capaz de ingerir sementes sem danificá-las e promover sua dispersão. O objetivo deste trabalho foi determinar os hábitos alimentares da anta, analisar sua contribuição para a dispersão de sementes e as diferenças na composição de sua dieta em matas ripárias e em locais longe de cursos d´água em três regiões do Pantanal. Foram coletadas 263 amostras fecais na fazenda Nhumirim entre janeiro e dezembro de 2008 e 33 nos rios Abobral, Negro e Vermelho entre junho e julho de 2008. Foram registradas sementes de 63 espécies. Na Fazenda Nhumirim, foram identificadas 54 espécies, distribuídas em 19 famílias. As espécies mais frequentes foram Solanum viarum (42%), Mimosa sp. (31%) e Psidium sp (32%). Doze destas espécies apresentaram sementes germinando diretamente nas fezes e 15 apresentaram sementes danificadas. As fezes foram compostas, em média, por 9,5% de sementes e 90,5% de fibras. Foram consumidas mais sementes na estação chuvosa que na estação seca (t = 7,733; p < 0,001). A ordenação direta das espécies consumidas mostrou um padrão de substituição de itens, seguindo a fenologia da maioria das espécies consumidas. A ordenação por Escalonamento Multidimensional Não-métrico (NMDS) recuperou em duas dimensões (stress = 0,207 e R² = 0,792) os principais padrões de variação em composição das amostras fecais coletadas na fazenda Nhumirim e nos rios Abobral, Negro e Vermelho durante os meses de junho e julho. As amostras coletadas nos rios tenderam a se agrupar. Assim, a dieta de T. terrestris variou em composição de acordo com o local de estudo. Devido à grande diversidade de espécies e à grande quantidade de sementes consumidas, as antas devem exercer um papel importante na dinâmica da comunidade vegetal da área, não apenas pela potencial dispersão de sementes, mas também pela predação das mesmas.pt_BR
dc.description.abstractTapirus terrestris (Linnaeus 1758) is the largest terrestrial Neotropical mammal. Its diet consists of leaves, fruits and buds, and it is able to ingest seeds without damaging them; enhancing, in this way, seed dispersion. The aim of this study was to determine the tapir’s diet, evaluate its contribution for seed dispersion and the differences in the composition of its diet between riparian forests and habitats away from rivers in the Pantanal. We collected 263 fecal samples in the Nhumirim Ranch from January to December 2008 and 33 in Abobral, Negro and Vermelho rivers from June and July of 2008. Among the total fecal samples collected, we identified 63 species of seeds. In the Nhumirim Ranch, we identified 54 species, distributed in 19 families of plant. Solanum viarum (42%), Mimosa sp. (31%) and Psidium sp. (32%) were the most common species. Twelve of these species had germinating seeds directly in the feces and 15 had damaged seeds. The feces were composed on average by 9.5% of seeds and 90.5% of fibers. More seeds were consumed in the rainy than in dry season (t = 7733, p < 0001). The direct species ordination showed a pattern of replacement of species, following the phenology of most plant species consumed. The Non-metric Multidimensional Scaling (NMDS) recovered in two dimensions (stress = 0.207 and R ² = 0.792) the main patterns of variation in the composition of fecal samples collected in the Nhumirim Ranch and Abobral, Negro and Vermelho rivers June and July. The samples collected in rivers tended to group themselves. The diet composition of T. terrestris varied according to the place of study. Due to the great diversity of species and the large quantity of seeds consumed, this result suggests that tapir must have a key role in the dynamics of plant community in the area, both by the potential dispersal of seeds as by seed predation.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAntaspt_BR
dc.subjectMamíferos Silvestrespt_BR
dc.subjectDieta Animalpt_BR
dc.subjectNutrição Animalpt_BR
dc.subjectSementespt_BR
dc.titleFrugivoria por Tapirus terrestris em três regiões do Pantanal, Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bianca Thais Zorzi.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.