Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/201
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorMalzac, Augustin-
dc.contributor.authorReis, Márcio Clay Fernandes dos-
dc.contributor.authorLaraya, Rodrigo Domingues-
dc.contributor.authorMoreira, Edilso Tobias-
dc.contributor.authorPierin, Júlio-
dc.contributor.authorFigueiredo, Marina Juliana Pita Sassioto da Silveira de-
dc.contributor.authorFigueiredo, Arthur da Silveira de-
dc.date.accessioned2011-07-29T18:51:04Z-
dc.date.available2011-07-29T18:51:04Z-
dc.date.issued2009-
dc.identifier.citationMALZAC, Augustin et al . Analgesia preemptiva nas cirurgias da coluna lombossacra: estudo prospectivo e randomizado. Coluna/Columna, São Paulo, v. 8, n. 2, June 2009 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-18512009000200014&lng=en&nrm=iso>. access on 29 July 2011. doi: 10.1590/S1808-18512009000200014.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufms.br/handle/123456789/201-
dc.description.abstractOBJETIVO: Analisar a eficácia da analgesia preemptiva pelo método da administração de analgésicos antes e após o início do estímulo doloroso operatório, comparando-as. A melhora do quadro doloroso pós-operatório nas cirurgias da coluna vertebral no segmento lombossacro, por via posterior, não tem sido completamente investigada. MÉTODOS: Sessenta e dois pacientes submetidos à microdiscectomia ou microdescompressão, em um único nível, na coluna lombossacra, foram divididos em três grupos, 20 pacientes no primeiro (A) não receberam qualquer substância analgésica (controle). Vinte e dois no segundo (B), os quais foram submetidos à injeção epidural, 20 minutos antes da incisão cirúrgica, contendo 10 mL de marcaína e morfina. No terceiro e no último grupo (C) com vinte pacientes, foi injetado, com auxílio de um cateter, no espaço epidural, as mesmas drogas do grupo B, através da incisão antes do fechamento da ferida operatória. Os pacientes foram examinados durante as primeiras 24 horas com auxílio da escala verbal de dor.RESULTADOS: Os três grupos foram comparados quanto à idade, sexo, nível e tempo cirúrgico. Os dados não obedeceram a uma distribuição Gaussiana, o teste não paramétrico de Mann-Whitney foi adotado para análise estatística. Desta maneira, os valores da escala verbal de dor, em todos os intervalos de tempo, foram significativamente baixos (p<0,0001) entre o segundo e o terceiro grupo em comparação ao primeiro. Isso indica que a dor pós-operatória foi mais bem controlada nos grupos B e C do que no Grupo A. Neste, por sua vez, houve solicitação de analgésico suplementar, nas primeiras 24 horas. Nenhuma complicação específica ao procedimento foi registrada, exceto o prurido facial, que foi um efeito transitório apropriadamente tratado, solicitando-se medicação anti-histamínica em um paciente. CONCLUSÃO: Analgesia preemptiva com morfina e marcaína se mostrou um método seguro, simples e eficaz para controle da dor pós-operatória nas cirurgias da coluna lombo-sacra, por via posterior, nas primeiras 24 horas, evitando o uso de analgésico suplementar.pt_BR
dc.description.abstractABSTRACT - OBJECTIVE: To analyze the efficacy of the preemptive analgesia with a method of epidural analgesic administration before and after the surgical painful stimulation, as comparing them. Its role in postoperative pain relief after lumbosacral spinal surgery, by the posterior approach, has not been fully investigated. METHODS: Sixty two patients who underwent microdiscectomy or microdecompression in a single level of the lumbosacral spine were divided into three groups: 20 patients that had not received any analgesic medication in the first one (A) (control); 22 that had been submitted to the epidural injection containing 10 mL of marcaína and morphine 20 minutes before the surgical incision in the second one (B). In the third and last group (C), 20 patients received the same drugs of group B, with the aid of a catheter positioned in the epidural space, through the incision before the closing of the surgical wound. The patients were examined during the first 24 hours, with the use of the verbal scale of pain. RESULTS: The three groups were compared concerning age, sex, level and surgical time. Data did not have a normal Gaussiana distribution, the non-parametric Mann-Whitney test was adopted for statistical analysis. Therefore, the rating values of the verbal scale for pain intensity, in all the time intervals, were significantly low (p<0.0001) between the second and the third group in comparison to the first one. It indicates a significantly better pain relief in groups B and C, to the detriment of Group A, in this demand for supplemental analgesic medication in the postoperative period within the first 24 hours. No specific complication due to the procedure was registered, except the facial pruritus in one patient, which was a transient and appropriately treated effect with antihistaminic medication. CONCLUSION: Preemptive analgesia with morphine and marcaína showed to be a safe, simple and effective method for the control of postoperative pain relief, in the lumbosacral spinal surgery, by posterior approach within the first 24 hours, preventing the supplemental analgesic medication.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherColuna/Columnapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAnalgesia - métodospt_BR
dc.subjectColuna Vertebral - cirurgiapt_BR
dc.subjectRegião Lombossacralpt_BR
dc.subjectAnalgesia Epiduralpt_BR
dc.subjectAnestésicos Locais - administração & dosagempt_BR
dc.subjectDor Pós-Operatória - fisiopatologiapt_BR
dc.subjectDor Pós-Operatória - prevenção & controlept_BR
dc.subjectAnalgesia - methodspt_BR
dc.subjectSpine - surgerypt_BR
dc.subjectLumbosacral Regionpt_BR
dc.subjectAnalgesia, Epiduralpt_BR
dc.subjectAnesthetics, Local - administration & dosagept_BR
dc.subjectPain, Postoperative - physiopathologypt_BR
dc.subjectPain, Postoperative - prevention & controlpt_BR
dc.titleAnalgesia preemptiva nas cirurgias da coluna lombossacra: estudo prospectivo e randomizadopt_BR
dc.title.alternativePreemptive analgesia in lumbosacral spine surgeries: prospective randomized studypt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.identifier.doi10.1590/S1808-18512009000200014-
Aparece nas coleções:FAMED - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Analgesia preemptiva.pdf261,14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.