Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1722
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSilva, Iandara Schettert-
dc.contributor.authorTogoe, Eliane Barbosa-
dc.date.accessioned2013-02-04T13:49:28Z-
dc.date.available2013-02-04T13:49:28Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1722-
dc.description.abstractA Insuficiência Renal Crônica está associada a alterações sistêmicas que levam o paciente renal ao sedentarismo e grave descondicionamento físico. A função muscular diminui decorrente de distúrbios que podem ser melhorados de forma independente das estratégias que abordem a doença primária. O exercício programado pode trazer benefícios significativos e proporcionar melhor qualidade de vida. O objetivo desta pesquisa foi analisar o efeito do exercício físico aeróbico e exercício resistido, através da análise histopatológica (muscular, renal, pulmonar e cardíaca) e bioquímica sanguínea (uréia, creatinina) em um modelo animal de insuficiência renal crônica em coelhos. Foram utilizados 28 coelhos da variedade Nova Zelândia Branco. Os animais foram submetidos ao procedimento cirúrgico de Isquemia e Reperfusão Renal. Após 6 semanas da cirurgia os animais foram distribuídos em três grupos randomizados para a realização do protocolo de exercício físico: grupo exercício aeróbico (GA), grupo exercício resistido (GR) e grupo controle (GC). Foram realizadas coletas de sangue (ureia, creatinina) em três momentos: pré-operatório, pré-intervenção (após 6 semanas da cirurgia) e pós-intervenção (após 8 semanas de treinamento físico). Para análise histopatológica foi coletados músculo esquelético e cardíaco, rim e pulmão. Para análise estatística das variáveis quantitativas, os resultados foram expressos em média e desvio-padrão. Os resultados das variáveis qualitativas foram expressos em porcentagem. Para comparação de medidas repetidas, utilizou-se a análise de variância ANOVA (two-way), seguida do teste post hoc de Tukey Test , significância estatística foi estabelecida para α = 5% (p < 0,05). Os valores obtidos para ureia apresentaram um aumento gradativo até o momento pré-intervenção (p<0,05), e voltaram a reduzir. Os níveis de creatinina apresentaram progressiva elevação em relação a coleta no momento pré-operatório continuando em elevação no momento pós-intervenção (p<0,05). As análises histopatológicas demonstraram lesões sistêmicas: rim direito e esquerdo, coração, pulmão. Entretanto não foram identificadas lesões musculares detectáveis ao método utilizado. O modelo animal em coelhos mostrou-se viável e eficaz devido às lesões sistêmicas identificadas, boa sobrevida dos animais e a possibilidade da execução de exercício físico.pt_BR
dc.description.abstractThe Chronic Kidney Disease is associated with systemic changes that lead the renal patient to physical inactivity and serious physical deconditioning. Muscle function decreases due to disorders that can be upgraded independently of strategies that address the primary disease. The programmed exercise can bring significant benefits and provide better quality of life. The objective of this research was to analyze the effect of aerobic exercise and resistance exercise, through the Histopathological Analysis (muscular, renal, cardiac and lung) and blood Biochemistry (urea, creatinine) in an animal model of chronic renal failure in rabbits. Were used 28 rabbits varieties White New Zealand. The animals were submitted to surgical procedure of ischemia and Reperfusion. After 6 weeks of surgery the animals were divided into three groups randomized to the realization of the Protocol of exercise: aerobic exercise group (GA), group resisted exercise (GR) and control group (GC). Blood collections were performed (urea, creatinine) in three moments: pre-operation, pre-intervention (after 6 weeks postoperatively) and post-intervention (after 8 weeks of physical training). For histopathological analysis was found in cardiac and skeletal muscle, kidney, and lung. For statistical analysis of quantitative variables, the results were expressed as mean and standard deviation. The results of the qualitative variables were expressed as percentage. For repeated measures comparison, we used analysis of variance ANOVA (two-way) followed by the Tukey post hoc test Test, statistical significance was established for α = 5% (p < 0.05). The values obtained for urea presented a gradual increase so far pre-intervention (p < 0.05), and returned to reduce. Creatinine levels have progressively increased over time preoperative collection continuing in elevation in the post-intervention time (< p 0.05). The Histopathological Analysis showed systemic injuries: left and right kidney, heart, lungs. However were not identified muscle injuries detectable to the method used. The animal model in rabbits showed to be viable and effective due to systemic lesions identified, good survival of animals and the possibility of executing the exercise.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCondicionamento Físico Animalpt_BR
dc.subjectPhysical Conditioning, Animalpt_BR
dc.subjectAnimais de Laboratóriopt_BR
dc.subjectAnimals, Laboratorypt_BR
dc.subjectInsuficiência Renal Crônica - patologiapt_BR
dc.subjectRenal Insufficiency, Chronic - pathologypt_BR
dc.subjectNefropatiaspt_BR
dc.subjectKidney Diseasespt_BR
dc.titleAnálise dos efeitos do exercício físico em um modelo de Insuficiência Renal Crônica em Coelhospt_BR
dc.title.alternativeAnalysis of the effects of physical exercise on a model of Chronic Renal Failure in Rabbitspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Eliane Barbosa Togoe.pdf951,53 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.